Arquivo

A Tarumba - Teatro de Marionetas

A Tarumba - Teatro de Marionetas foi criada em 1993 por elementos ligados ao teatro, cinema, escultura e à história de arte, que tinham em comum o amor pela arte das marionetas e que pretendiam desenvolver um trabalho de grande qualidade técnica e artística, bem como trazer uma constante inovação ao teatro de marionetas em Portugal.

A companhia é responsável pela programação e produção anual do Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas - FIMFA Lx, espaço de reflexão artística e laboratório multidisciplinar de referência, que recebeu o Prémio da Crítica de Teatro 2010 pela Associação Portuguesa de Críticos de Teatro. No âmbito do FIMFA, os diretores artísticos da companhia, Luís Vieira e Rute Ribeiro, receberam o Prémio Personalidade 2013, inserido no Prémio Nacional Multimédia, atribuído pela APMP - Associação Multimédia. Desde 1993, foram encenadas peças como Dr. Faustus de C. Marlowe, Amor de D. Perlimplín com Belisa no seu Jardim de F. G. Lorca, A Tempestade de W. Shakespeare, Mahagonny de B. Brecht, Mironescópio: A Máquina do Amor, entre outras. As qualidades técnicas e artísticas do projeto têm sido admiradas, não só em Portugal, mas também em países como França, Espanha, Reino Unido, Dinamarca, Argentina, Brasil, República Checa, Eslovénia, Eslováquia, Índia, Paquistão ou Hungria. No World Festival of Puppet Art (Praga), a companhia obteve o Prémio de Melhor Dramaturgia, e a nomeação para o prémio de melhor manipulação. Em 2013 o espetáculo Mironescópio foi apresentado no Festival Mondial des Théâtres de Marionnettes de Charleville-Mézières.

A Tarumba realiza, desde a sua formação, ateliês experimentais em torno das artes da marioneta e das formas animadas, dirigidos especificamente a formadores, profissionais do espetáculo ou público infantil, destacando-se os workshops de teatros de papel realizados em diversas instituições como a Fundação Calouste Gulbenkian ou o Centro Cultural de Belém, e em diversas escolas e bibliotecas.

O CAMa - Centro de Artes da Marioneta é o espaço de residência da companhia e um centro de desenvolvimento de projetos, onde se integra o Projeto Funicular, um programa de formação internacional composto por workshops intensivos, que reúne diversas disciplinas artísticas, permitindo o encontro da marioneta com as outras artes.

Ao longo destes 22 anos de atividade, para além de toda a experiência adquirida, a Tarumba criou um acervo artístico importante. O seu espólio, constituído por marionetas da companhia, marionetas “históricas”, teatros de papel (originais do século XIX e princípios do século XX), livros sobre teatro, especialmente sobre teatro de marionetas, fotografias, programas e cartazes, estão presentes no CAMa.

Newsletter

       

ARTEMREDE - Teatros Associados
Palácio João Afonso
Rua Miguel Bombarda, 4 R/C
2000-080 Santarém
Portugal