×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 129

Formação

Formação

Um dos eixos de intervenção permanente da Artemrede, desde a sua criação, foi a formação profissional e qualificação dos técnicos ao serviço dos teatros municipais.
Esta vocação da Artemrede era uma indicação que vinha desde o estudo-base que precedeu a sua constituição, e veio a ser uma das atividades regulares com mais expressivo retorno para os seus Associados, bem como para a consolidação de uma efetiva cultura de rede. O balanço do investimento realizado na qualificação dos profissionais a trabalhar nos teatros associados é notoriamente positivo e esta é uma área em que, desejavelmente, uma rede com as características da Artemrede deverá sempre, quererá sempre, investir.
É um dado inequívoco, portanto, que tanto os planos de formação estruturados, do campo da gestão às áreas técnicas, como as iniciativas de formação mais pontuais e/ou especializadas são requisitos de qualificação permanente da Artemrede e que as relações pessoais e o conhecimento mútuo aprofundado que os momentos de aprendizagem proporcionam constituem a base de sustentação efetiva de qualquer rede. Por isso mesmo, no Plano Estratégico 2015-2020 esta área mantém-se como área de intervenção estratégica, embora se reconfigure, face tanto às necessidades internas como ao novo quadro de financiamento disponível para esta área.

Constituem-se, assim, opções estratégicas da Artemrede:
•  Selecionar parceiros qualificados para o desenvolvimento de formação, entendendo-se essa parceria em todo o ciclo do processo, isto é, da construção de conteúdos à procura conjunta de financiamento, nacional ou comunitário;
•  Adotar um modelo híbrido de formação: a Artemrede pode organizar autonomamente ações de formação, exclusivas para os seus Associados ou com vagas disponíveis para parceiros; ou pode integrar iniciativas de formação (profissional, académica, de especialização) de outras entidades e instituições, negociando vagas a favor dos seus Associados;
•  Assumir o investimento em formação como investimento permanente da rede, estando uma parte desse investimento regularmente previsto na quotização; 
o restante será objeto de cofinanciamento específico;

Do ponto de vista dos conteúdos, a Artemrede pretende focar a sua aposta formativa em duas grandes áreas de especialização, que correspondem às duas áreas que assumem maior importância na sequência do recente reposicionamento estratégico: 

•  a programação e a mediação cultural, i.e., tudo o que é relevante do ponto de vista da formação de públicos, do trabalho com as populações, da participação, das estratégias artísticas, educativas e de comunicação, mas também tudo o que indiretamente sustenta 
e influencia a atividade de programar: a reflexão em torno das questões que atravessam o mundo contemporâneo, temas filosóficos, estéticos e políticos, pensamento crítico e crítica de arte;
•  a cultura como fator de desenvolvimento territorial; i.e., todo o saber teórico e técnico que contribua ou derive da formulação e implementação de políticas públicas que tenham na cultura um fator primordial, ou seja, todas as áreas de conhecimento que beneficiam da intersecção das políticas e atividades culturais com outras áreas de intervenção pública (o planeamento e ordenamento do território, a educação, a ação social, o ambiente, o turismo…). 

Por último, e a par do quadro estruturado de iniciativas que se expôs, a Artemrede não deixará de aprofundar 
as relações com os seus atuais parceiros e alargar substantivamente a sua rede de cumplicidades no sentido de criar oportunidades de aprendizagem informal para os seus Associados. O objetivo é aumentar as oportunidades de encontro, partilha e aprendizagem e reforçar os laços de cumplicidade existentes entre os teatros da Artemrede e os restantes teatros e equipamentos culturais do país.

Ações de Formação desenvolvidas pela Artemrede:

2015

Estratégias de Mediação e Comunicação na Gestão de Espaços Culturais
Formadoras: Marta Porto, Elisabete Paiva, Maria Vlachou

2014

Ação de aprendizagem informal
Uma delegação da Artemrede, composta por 8 programadores de municípios associados e por dois elementos da equipa da associação, visitou a Feria de Teatro de Castilla y Léon, o festival de teatro de Salamanca que vai já na sua 17ª edição

2013

3 cursos nas áreas de:
• Acolhimento de Artistas e Produção de espetáculos
• Riders Técnicos
• Creative Solutions, vocacionado para dirigentes.

2010

3 cursos nas áreas de:
• Técnico Operador de Luz e Som (iniciação)
• Projeto Educativo e sua Articulação com as Escolas
• Cidades&Regiões, um workshop para os Autarcas associados sobre questões relacionadas com o desenvolvimento do território a partir de projetos culturais.

2006 - 2008

3 Planos de formação desenvolvidos em parceria com a Sete Pés (Theatrum Opus I, II e III), que envolveram mais de 320 formandos nos seguintes cursos:
• Técnico Operador de Som e Imagem
• Técnico Operador de Luz
• Técnico de Palco
• Frente de Casa
• Serviços Educativos
• Gestão e Programação de Teatros Municipais
• Marketing
• Planeamento e Gestão Integrada
• E-Comunicação
• Percursos pela Arte e Cultura no Século XX
• Manutenção de Oficina de Luz
• Organização de Oficina de Serviço Educativo e Liderança
• Gestão de Equipas

 

 

Newsletter

 

 

 

 

 

ARTEMREDE - Teatros Associados
Palácio João Afonso
Rua Miguel Bombarda, 4 R/C
2000-080 Santarém
Portugal
T. 243 322 050 / 243 321 878

Log in