E_NXADA

Erva Daninha, em cocriação com Binaural/Nodar

SÃO MARTINHO DO PORTO - ALCOBAÇA  |  Praça Frederico Ulrich  |  9 SET  |  18:00
ALCANENA
  |  Jardim da República  |  10 SET  |  17:00
POMBAL  |  
Largo do Cardal  |  16 SET  |  21:30
SOBRAL DE MONTE AGRAÇO
  |  Palco Sobral Festas e Feira de Verão 2017  |  17 SET  |  15:30
SESIMBRA  |  Parque da Vila da Quinta do Conde  |  23 SET  |  21:00

Espetáculo de circo contemporâneo, E_nxada explora a experiência e o imaginário rurais a partir de um ponto de vista urbano. Partindo da ideia do trabalho original e primário - e do seu lugar no espaço urbano atual - o espetáculo centra-se num objeto que cava os tempos até hoje, a enxada, que é símbolo de trabalho, de ligação entre o passado e o presente, de repetição e equilíbrio comuns ao circo contemporâneo. Através da desconstrução da ideia dessa ferramenta, o espetáculo convoca o espírito da materialidade rural para um contexto urbano, cada vez mais tecnológico, imaterial e evanescente.

Sobre a companhia
Criada em 2006 por ex-alunos da ESMAE, a companhia Erva Daninha tem como missão a criação de circo contemporâneo, explorando o diálogo entre diferentes expressões das artes performativas. Desde 2009, a companhia centra-se exclusivamente na investigação de novas formas de fazer e apresentar circo, procurando elevar o virtuosismo a uma forma de comunicação de ideias e emoções. A criação artística é o seu foco principal, contando já com mais de 13 espetáculos para palco, espaço alternativo e espaço público. A Erva Daninha dedica-se também à formação e programação e organiza o Trengo festival de circo do Porto, em coprodução com a empresa Porto Lazer. É desde janeiro de 2015 estrutura em residência no Teatro Campo Alegre, no Porto, no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto (Teatro Municipal do Porto/Câmara Municipal do Porto).

Ficha artística e técnica
Direção artística
Vasco Gomes, Julieta Guimarães
Interpretação Vasco Gomes, Jorge Lix, Rodrigo Matos
Conceção plástica Julieta Guimarães
Iluminação Romeu Guimarães
Composição Sonora BINAURAL/NODAR / Luís Costa
Coprodução TNSJ
Apoios Teatro Municipal do Porto / Instituto Politécnico do Porto

Duração 35m
Classificação etária M/3